Livros de 2011 – Parte 2

Os dois livros apresentados abaixam foram-me presenteados pelos próprios autores, com direito a dedicatória e autógrafo. O primeiro veio de longe, do outro lado do Atlântico, e foi escrito pelo meu amigo português Rodrigo McSilva. O segundo é um livro independente, impresso à custa do próprio autor, Lázaro Marback d’Oliveira.

Para ver a primeira parte deste post, clique aqui.

Escritos dos Ancestrais – Campos de Odelberon

E se todos os deuses de todos os povos realmente tivessem existido num passado remoto do mundo? Não apenas deuses, mas todos os seres fantásticos dos folclores das mais diversas culturas… E se fossem reais? É partindo dessa premissa que o escritor português Rodrigo McSilva desenvolveu o livro Escritos dos Ancestrais, o primeiro volume da saga Campos de Odelberon. Baseando-se nas mitologias grega, nórdica, celta e indo-europeia, o autor montou um compêndio de personagens e histórias que se desenrolam num mundo em comum, onde Zeus e Odin, entre outros, dividem um mesmo continente do mundo fantástico chamado Odelberon.

No princípio dos tempos, humanos, animais, deuses e seres mágicos habitavam juntos a Terra. Mas com o assassinato do deus Balder, que poderia dar início ao Ragnarock (o apocalipse da mitologia nórdica), o Ente Uno, decide dividir o Tempo, para assim salvar a realidade Terrena: “’Que a linha do tempo seja doravante como um punhal, mas com duas faces, esquerda e direita, que jamais se verão’. Assim os condenou a uma estéril dualidade. Os mortais habitariam o ‘Gume Terrestre’, desenvolvendo a ciência e a técnica, mas trabalhando na dúvida e na incerteza, enquanto os deuses e os que os haviam seguido habitariam o invisível ‘Gume de Odelberon’ numa eternidade imutável”.

Assim segue-se todo este primeiro volume, com a chegada dos seres fantásticos a Odelberon, a colonização do novo mundo, a divisão de suas regiões, as alianças entre deuses de várias mitologias e a associação de seus respectivos antagonistas. McSilva peca pelo excesso de personagens, nomes e lugares, além de inundar páginas com enormes narrativas da colonização de Odelberon, sendo tão minucioso a ponto de beirar o maçante. Mas sua extensa pesquisa – que durou 7 anos – vale por qualquer defeito que o livro venha a ter, enriquecendo a narrativa dos Escritos dos Ancestrais, mantendo viva as características dos míticos personagens e desenvolvendo seu enredo tendo por base a cultura de cada mitologia. De acordo com o próprio McSilva, porém, a partir do próximo livro a história se limita aos protagonistas que acompanharão a saga até seu fim. Que venham os próximos!

Nota: Campos de Odelberon ainda não foi publicado no Brasil, mas pode ser importado de Portugal. Para mais informações, acessem o link www.odelberon.com

Súmulas do Valor da Vida

Lázaro Marback d’Oliveira não tem a literatura por profissão. Dedicou-se à arte somente após sua aposentadoria e reuniu alguns de seus contos num volume de publicação independente, o qual chamou de Súmulas do Valor da Vida.

Baseado em histórias do dia-a-dia do autor, as Súmulas vagam entre espiritismo, umbanda e o cotidiano do Rio de Janeiro. D’Oliveira desenvolve muito bem seus contos e tem uma narrativa fluente e criativa, porém seus finais desagradam e para cada história parece faltar uma conclusão satisfatória. Para quem quiser conferir, um de seus contos, Clarisse Dançava, foi gentilmente cedido pelo autor e pode ser lido aqui mesmo no Covil. Basta clicar no link acima.

Nota: O livro de Marback pode ser adquirido diretamente com o autor e o custo é revertido para caridade. Entrem em contato com ele através do Facebook clicando aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s