Mamãe e seus Filmes

Uma coisa eu aprendi essa semana: jamais deixar minha mãe ir sozinha à locadora para pegar filmes. Por duas vezes ela foi locar filmes essa semana, e por duas vezes eu quase quebrei o DVD depois de assisti-los!

Três Horas e o Mundo não Acabou!

No final de semana ela trouxe um tal de Fim do Mundo. Tão, mas tão bom, que nem fotos do filme eu encontrei pela net pra ilustrar isso daqui!

A história aborda um tema interessante – o aquecimento global e as catástrofes proporcionadas por ele e o pouco caso do governo norte-americano sobre o assunto. Pena que não conseguiram arrancar uma boa história desse tema. Ou melhor, históriaS, já que haviam 7 se desenrolando ao mesmo tempo: a mocinha que trabalha pro Governo; o mocinho que é odiado pelo Governo; o Governo em si; um grupo religioso que se aproveita das catástrofes pra enriquecer; a repórter curiosa; o seqüestro dos filhos dos protagonista; o coronel que passou o filme todo voando sobre os tornados sem fazer nada. Parecia muito mais um seriado de TV espremido em 3 horas (sim, TRÊS horas) do que um filme em si.

Enfim, assistam, vocês vão adorar!

Águas e Nada Mais

2093aaa

E depois, na quarta-feira, chega minha mãe com mais um DVD. Imaginem um filme que não fala nada sobre nada. Imaginaram?! Agora coloque isso no meio do oceano e sem nenhuma trilha sonora pra acompanhar. Pois bem, é exatamente disso que se trata Mar Aberto, longa escrito e dirigido por Chris Kentis que recebeu ótimas críticas (pelo menos onde eu li), mas que pra mim foi um lixo. Trata de um casal que vai mergulhar em alto mar e, por um erro de contagem no retorno do barco, é esquecido no meio do oceano. Daí pra frente é só água, tubarões, água, brigas, água e… água!

Acho que eu aprendi a lição… e minha mãe também! Depois dessa semana, com certeza ela nunca mais vai ter coragem de ir locar filmes sozinha. Até porque eu não vou deixar!

Mudando de assunto…

Só aproveitando o post pra agradecer os singelos elogios do meu amigo Bag, que atualizou o 42 falando sobre blogs e sites interessante. E, pra minha surpresa, o Covil do Orc estava entre os que ele citou!
Foi um certo exagero da parte do Bag, eu sei, até porque o Covil vai demorar um pouco pra engrenar, afinal eu to muito enferrujado na escrita, mas com o tempo vou pegando o jeitinho!
Obrigado pelo apoio moral, Bag! Depois dessa até me senti motivado a me dedicar melhor a isso daqui!

Anúncios

3 respostas em “Mamãe e seus Filmes

  1. Ah, a minha mãe só alugo romance. :lol:

    Eu ouvi falarem muito mal desse Mar Aberto. Por isso nunca aluguei. Agora vejo que foi uma boa decisão!

    Ei, os elogios foram devidamente bem colocados. Você os merece, orc. E deixa eu parar por aqui porque orc metido é demais pra minha cabeça! Hahahahaha!

    Abração!

    Curtir

  2. Minha mãe deve ser igual a do Bag.
    Drama e romance água com açucar é com ela mesmo. Ave Maria.
    Aí vai assistir um filme de ação, suspense ou scifi ela diz que a gente só loca filme ruim e besta. lml,
    Vai entender…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s