10 comentários em “A Geração Coca-cola Morreu

  1. Pois é, o que eles fizeram foi começar um processo que cabe as futuras gerações dar continuidade. Afinal o sistema continua, mais moderno, mais eficiente. Aprenderam a nos controlar, sem que ao menos nos dessemos conta disso. Não somos mais escravos, não vivemos numa ditadura…mas estamos longe de sermos livres.

  2. Ainda que não seja tão evidente nos tempos atuais ainda há sim coisas pelas quais devemos lutar. Ainda há repressão mesmo que não seja tão aparente. Cantarmos essa musica se tornou hipocrisia sim, mas não por falta do que lutar e sim pela heresia que se tornaram os protestos atuais. É raro acharmos uma manifestação contra algo sem ter violência no meio. Alem do fato de que os movimentos estudantis estão praticamente extintos e quando aparecem apenas protestam contra o aumento das passagens de ônibus e nada mais. presidentes brasileiros já foram eleitos e depostos graças á movimentos estudantis com os “caras pintadas” porem não se ouve mas falar de tais atos. em minha opinião a geração estudantil atual precisa voltar sua atenção para os acontecimentos atuais e lutar por um futuro melhor para si mesmos.

  3. Não, não, não concordo mesmo, ainda lutamos com muita garra, o que mudaram foram as armas e as estratégias, mas os inimigos também estão mais articulados, já não se identificam como tal e como você mesmo declara, não distinguimos com clareza onde estão e quem são. Canto, me emociono e vibro com a musica sem nenhuma hipocrisia, e só substituria a Coca cola, pelo Guaraná, por que esse eu sei de onde vem e o que contém.

  4. Sempre achei que essa música não era firme, trazia uma contradição entre as pessoas que sabem que tem algo errado mas são incapazes de fazer algo mais concreto. Algo do tipo “eu sei que tá tudo errado, mas o que eu vou fazer é tomar uma coca-cola”. Referência, talvez, à geração dos anos 80, que, diferentemente do pessoal dos anos 60 e 70 que foi combativo, parecia meio acomodada. Agora, a juventude dos anos 2000 nem se fala. Por isso a música continua atual.

    • “eu sei que tá tudo errado, mas o que eu vou fazer é tomar uma coca-cola”
      Essa foi a melhor definição que eu poderia ter lido, Nicole!

      E obrigado pela visita e pelos dois comentários que deixou! Abração!

      • HM…
        COCA-COLA 5 REALZIN…
        100 MILHÕES DE BRASILEIROS COMPRANDO DIRETO (VAI, N DEVE FUGIR MT DESSA QUANTIDADE)…

        se os 100 milhões compram uma coca a cada 1 semana…
        seriam 500 milhões por semana para a coca-cola só por parte do Brasil…?
        não, não,pera! n vai ser todos q vão comprar só uma garrafa, quem sabe uns 1 bilhãozin?

        o erro tá ai, não adianta chorar o povo na mizéria com uma coca-cola na mão, caralho.

        desculpa se minha interpretação não ter coerência, e não vale só pra coca-cola, vale para todos ENLATADOS e produtos industrializados.

        e desculpe a linguagem informal e popular, foi até meio intencional.
        abraço

  5. Na moral, eu vou cantar tal música eternamente!! ME OBRIGUEM A ME CALAR!!U_U!!
    E até quando a coca-cola do mundo inteiro acabar, eu vou cantar!!! Repressões e ignorância não vai sumir só porque os tempos mudaram, porque a repressão se adapta as gerações! u.u
    E sim, a coca-cola é um enlatado, mas e na época que não era? Você bebia uma Coca e iria para a sua revolução de boa…

  6. “Será que ninguém vê
    O caos que vivemos?
    Os jovens são tão jovens
    E tudo fica por isso mesmo…“ Mesmo tão jovem (14 anos) entendo e admiro muito tudo o que vocês fizeram por nós, adoraria poder participar dos movimentos, das lutas.. lutaram pelo seus ideais. Hoje, o que acontece é que “o gigante dormiu” a população brasileira está preguiçosa, reclamam sim ( afinal, o Brasil está longe de ser o ideal, a pobreza, a corrupção, a imoralidade, e agora vulgaridade infantil..) mas não agem, talvez porque não vêem a força que alunos, operários enfim.. que todos juntos tem, se acham impotentes, a falta na educação. Há hoje muita preguiça de aprender, de fazer algo com suas próprias mãos, estão mal acostumados, acham que alguém vai vir fazer o trabalho por eles.. “Me compram, me vendem, me estragam” . E quando há a reivindicação do povo.. a criminalidade se aproveita dá atenção fixada somente num ponto, os roubos, a violência.. a grande verdade,é que não sabemos mais protestar.. A destruição de patrimônio público.. e isto me dá horror, pois se lutam contra a corrupção, o gasto indevido de capital público, como se destrói um patrimônio que é seu.. os gastos que poderiam ir para o saneamento básico, criação de hospitais, incentivo ao estudo e à educação.. será usado para reparar um bem , agora, destruído..
    Por Favor, me contatem, me ajudem, ensinem como protestar, como estes preguiçosos acordarem.. sei que sou muito nova e “A juventude está sozinha“ , Afinal, quem ouviria uma criança?
    Agradeço ao Meu cunhado, professor e capitão: Alex Fabiani, a não ser como eles.. Obrigada a me ensinar a pensar..
    Desde já obrigada..

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s